DOA COMM

Como atrair clientes para o seu laboratório de prótese? Confira cinco dicas de marketing para técnicos em próteses dentárias TPDs

Trabalhar em seu próprio laboratório de próteses é uma oportunidade única para consolidar a sua carreira. A autonomia permite ao proprietário inovar com aplicação de técnicas e estilos próprios e, em muitos casos, desenvolver uma nova carreira como ministrador de cursos na área. São muitos os casos de proprietários de laboratórios, famosos também por serem verdadeiros artistas na prótese, como Marcos Celestrino (Laboratório Aliança), Rafael Ferro (Signature), Ricardo “Tikun” Nagahisa (Artwork Dental Lab) e Ivan Ronald Huanca (OpenLab). Mas, como gerar clientes para o seu laboratório? Leia o blog até o fim e confira cinco formas de você turbinar o fluxo de dentistas!

Cinco dicas de marketing digital para o seu laboratório de prótese:

1. Aumente a sua visibilidade com anúncios no Google
Segundo os dados de 2017/2018, apenas na cidade de São Paulo foram realizadas 80 mil buscas mensais relacionadas a serviços de próteses dentárias. Portanto, os anúncios de pesquisa, conhecidos como Google Ads (Adwords) podem ser uma ótima forma de aumentar a exposição e aparecer exatamente para o público que procura pelos seus serviços. Outro dado relevante: 60% das pesquisas foram realizadas pelo celular, portanto, pensar em anúncios otimizados para esses dispositivos é fundamental para a eficácia desse tipo de ação. Apesar de essa modalidade de anúncio gerar resultados com rapidez, não costuma contribuir para a construção de uma marca sólida ou gerar diferenciais para o seu laboratório. Portanto, fique atento para não criar uma dependência danosa para o seu negócio, obrigando você a anunciar sempre para “fechar as contas” da sua empresa. Outro problema que deve evitar é a “comoditização”, situação em que o cliente só escolhe o seu laboratório pelo preço ou pelos atributos (por exemplo: entrega grátis, localização ou equipamentos). Resumindo, esse tipo de anúncio é um aliado para quem busca vender rápido ou “aparecer mais para o dentista”, mas não costuma ser muito eficaz para quem quer ser percebido de forma diferenciada e quer ser valorizado pelo serviço premium ou pelo atendimento diferenciado.

2. Tenha um site moderno e responsivo
Com o smartphone sendo o principal meio de acesso à internet dos brasileiros, ter um site moderno e responsivo – ou seja, adaptado para as telas dos diversos dispositivos móveis – é extremamente importante para receber e deixar uma boa impressão aos visitantes, sejam eles originados de anúncios ou oriundos de busca orgânica ou visitas diretas (tráfego direto). Apesar de as mídias sociais serem a bola da vez, acreditamos que uma estratégia que leva em consideração todos os pontos de contato é sempre mais eficaz para fortalecer o relacionamento e fidelizar os clientes. Nesse ponto, o site continua a ser uma peça fundamental para um marketing digital estruturado e focado em performance. A atenção com o conteúdo e com as imagens do seu site contribuirá muito para o cliente perceber os seus diferenciais e valorizar o seu laboratório.

3. Identidade visual que realmente diferencia o seu laboratório
Pense em um restaurante fast food com dois arcos dourados na fachada. Agora imagine uma estrela de três pontas reluzente sobre o capô de um belo carro. Certamente você sabe de que empresas falamos e isso mostra o poder da identidade visual. Ela consiste no conjunto de elementos formais e sistematizados que representam visualmente um nome, ideia, produto, empresa, instituição ou serviço. É o “rosto” da sua empresa, permitindo que você seja reconhecido num universo de outros laboratórios e profissionais. Uma identidade visual bem estruturada posiciona favoravelmente a empresa, ajudando a valorizá-la e fazendo com que o cliente perceba corretamente os diferenciais e a proposta dela.

Em um laboratório de próteses, a identidade visual básica costuma incluir cores e grafismos institucionais, aplicações da marca em embalagens e papelaria de escritório, lista de preços e sinalização, além das aplicações digitais como assinatura de e-mail, avatares e capas das redes sociais, etc.

Fuja dos “logotipos de prateleira” e invista na criação de uma identidade visual que realmente comunica os seus diferenciais e/ou a sua proposta e você certamente notará como isso mudará imediatamente a forma como os clientes avaliam os seus serviços.

A embalagem da Signature é um exemplo de aplicação da identidade visual que valoriza a qualidade e comunica a proposta de trabalho do laboratório de prótese.

4. Publique posts em mídias sociais que despertam interesse
O boca a boca sempre foi e ainda continua sendo uma das melhores formas de conseguir novos clientes. Num mundo de relações cada vez mais digitais e centradas em dispositivos móveis, esse boca a boca deixou de ser apenas presencial e está cada vez mais potente com a possibilidade de compartilhamento nas mídias sociais. Ao contrário do que algumas pessoas pensam, as mídias sociais como Facebook e Instagram não são os melhores canais para vender, mas sim para aumentar a sua exposição, criar e cultivar relacionamentos e finalmente despertar o desejo pela sua marca/laboratório. A venda via mídias sociais acaba sendo uma consequência de um trabalho bem feito de construção de relacionamentos nessas redes. Investir em conteúdo relevante e que tira o seu público da indiferença, tanto no Instagram quanto no Facebook, é uma das melhores práticas para construir uma legião de seguidores engajada e pronta para contratar os seus serviços.

5. Invista na experiência do seu cliente
Num mundo onde as tecnologias como CAD/CAM estão cada vez mais acessíveis, os diferenciais do seu laboratório não poderão se limitar a um equipamento ou tecnologia. As oportunidades de criar e melhorar processos são quase infinitas, mas também quase sempre estão cada vez mais fáceis de copiar ou são acessíveis a todos. No fim do dia, o que fará a diferença é quanto essas melhorias impactam a vida do seu cliente, tornando o trabalho dele mais fácil, melhor ou mais prazeroso. Cabe ao gestor do laboratório avaliar e selecionar as melhores práticas e seus respectivos aperfeiçoamentos para conquistar e fidelizar seus clientes. Foco na satisfação do cliente e não na aquisição da tecnologia é o que agrega valor a um laboratório de prótese.

Gostou das dicas? Entre em contato com a nossa equipe e saiba mais!

Marcelo Kunisawa é cirurgião-dentista graduado pela FO-USP, coordenador de atendimento da DOA COMM e responsável pela estruturação de comunicação de diversos laboratórios de destaque em todo o Brasil.

Mande mensagem pelo WhatsApp